Zots

Descrição

Pingente com um cristal de quartzo 

Produzido numa liga bimetálica

com banhos de ouro ou níquel

Acompanha folheto explicativo

pesa 15 g

 

Cod. Zo 2001 níquel

Cod. Zo 2002 ouro

 

  Pantáculos do Panta Kléa - clique aqui para imprimir     

 

O Panta Kléa

Desde o princípio da humanidade o homem sente necessidade de captar as forças benéficas da natureza a seu favor. O Panta Kléa faz isso, unindo em si varias áreas do conhecimento humano. Foi criado em 1989, por Elpidio Luiz de Paiva Azevedo e fabricado pela Zots desde então.

O Panta Kléa é um catalisador fluídico capaz de unir nosso Eu ao Universo. E o potencializador de suas intenções.

Ele tem um cristal que é ao mesmo tempo receptor de energias cósmicas e irradiador das energias que se transformam dentro do cilindro.

No corpo da Mãe Terra cada metal reflete uma força cósmica, cuja essência ele representa. O cilindro do Panta Kléa é feito de uma liga bimetálica, de nome vênus-urânia. Porque é composta dos metais: cobre associado a Vênus e zinco a Urano. Essa liga tem as características: o cobre fornece uma energia que eleva o espírito e protege maternalmente, e o zinco age como condutor para a corrente criativa, que liga Céu e Terra, e também é um protetor do cobre. Os dois unidos dão proteção e comunicação para o que está contido no Panta Kléa. Na parte inferior há uma tampa com rosca que servirá para você introduzir no Panta Kléa sua "Intenção". Na confecção do Panta Kléa agem e somam-se diversas forças do Universo, que bem preparado beneficiam seu portador.

Um Panta Kléa da Zots contendo sua intenção, torna-se uma peça exclusivamente sua. Com ele você acabará descobrindo muito de você e das forças do Universo.

 

 

COMO PREPARAR SEU PANTA KLÉA ZOTS, 

VISTO QUE ELE SÓ FUNCIONA COM UMA INTENÇÃO

 

RITUAL DE MONTAGEM

1 - Programe, um dia: Nesse dia você deve ter tempo, muita paz e lugar tranquilo, agradável e solitário (procure dias e horas que lhe sejam favoráveis).

2 - Preparação do Pantáculo- Com a mente limpa, desenhe ou escreva em um papel símbolos ou palavras que você conheça e que traduzam suas intenções ou use um dos pantáculos impressos (Lembre-se, o que está no papel acontecerá só para você!).

3 - Montando o Panta Kléa- Acenda uma vela. Segure o pantáculo(s) que você escolheu e olhe para ele juntando mentalmente a escrita ou desenho à sua intenção. Depois, enrole-o bem fino, com o desenho voltado para dentro (como um diplominha), envolvendo-o com um palmo de linha de cor clara, não faça nó na linha. Coloque esse canudinho no interior do Panta Kléa e feche-o com a tampa, rosqueando bem apertado. Agora o Panta Kléa está pronto, ele fará permanentemente uma ligação de sua intenção com o cosmo. Use-o com você ou deixe-o em um lugar onde tenha sua energia (sob seu travesseiro ou numa gaveta de coisas pessoais). Só volte a abrí-lo quando seu objetivo estiver realizado ou quando precisar incluir outro.

IMPORTANTE: - Assim que ele for aberto estará desfeito o ritual de montagem. Você terá que fazer um novo ritual se quiser continuar os pedidos.

 

Os pantáculos são representações das formas criadoras do astral. (aconselhamos a não usar mais do que três deles).

   

Atenção: este texto poderá ser usado somente mediante citação da fonte ©

 

 

PERGUNTAS  E  RESPOSTAS MAIS FREQUENTES 

SOBRE  O  PANTA  KLÉA  

(respondidas por Elpidio Luiz de Paiva Azevedo ao longo do ano de 1995 

no Programa Aconchego da Rádio Mundial)

 

 

SOBRE A PEÇA

 

1 - É preciso limpar o Panta Kléa antes de monta-lo?

R- Sim. Só que não se pode pô-lo na água e sal. Limpe-o com a fumaça de incenso, ou água corrente, ou deixe-o ao sol.

 

2 - É preciso usar o cordão, ou posso trocar pô-lo numa corrente?

R- Só se pode trocar o cordão por outro, nunca por uma corrente, ou cordão de metal.

 

3 - Posso emprestar o Panta Kléa montado para outra pessoa usar?

R- Não.  Pois ele se impregnara com a energia do outro.

 

4 - Posso deixar colocar a mão no Panta Kléa  montado?

R- Se for na parte metálica sim, no cristal não.

 

5 - É preciso usar o tempo todo o Panta Kléa  montado?

R- É bom usá-lo o maior tempo possível no pescoço. E quando não estiver com você, guarde-o num lugar que tenha a sua energia: uma gaveta que tenha suas coisas pessoais, sob seu travesseiro, ou uma caixa de objetos pessoais).

 

6 - Posso usar o Panta Kléa fora do pescoço?

R- Sim. Também é possível levá-lo na bolsa ou bolso, mas o melhor é ele estar em contato com o corpo, sobre o plexo solar.

 

7 - O Panta Kléa vazio tem alguma função?

R- Sim. O Panta Kléa é uma peça energética e estará sempre irradiando bons fluídos para quem o usa.

 

8 - O Panta Kléa vazio pode ser emprestado?

R- Sim. Ele sem sua intenção não tem grande ligação com você.

 

9 - O Panta Kléa ser pequeno ou grande, é a mesma coisa?

R- Sim. O que importa são as proporções da peça, tendo o corpo e a alça os mesmos formatos proporcionais, eles funcionam da mesma forma.

 

10 -  Ser dourado ou prateado faz alguma diferença para o pedido?

R-  O metal do banho define uma afinidade com Vênus, Lua  ou Sol, que você pode descobrir por seu gosto pessoal , não interferindo no pedido.

 

11 - Quando cai ou quebra o cristal do Panta Kléa montado, como devo proceder?

R- Caso tenha caído e não quebrou, ele pode ser colado novamente,  mas o ritual de montagem  deve ser feito novamente. Se o cristal se partiu é possível conseguir um novo cristal. Lembre-se: em qualquer um dos casos, é sinal que o seu pedido de alguma forma já se realizou ou foi recusado.

 

12 - Quando se perde a tampa do Panta Kléa,o que fazer?

R- Deve-se colocar outra tampa e refazer o ritual novamente. Lembre-se: é sinal que o seu pedido de alguma forma já se realizou ou foi recusado.

 

13 -  Qual a diferença entre desejo e intenção?

R- Embora pareça ser a mesma coisa, o desejo é passivo e a intenção é ativa. Com um desejo nada se realiza, é preciso que o desejo vire intenção. Para só depois os pedidos se realizarem.

 

  

SOBRE OS PEDIDOS

 

1 - Posso fazer pedido para outra pessoa?

R- O Panta Kléa é de uso individual, não devemos interferir com a energia de outra pessoa.

 

2 - Como posso fazer um pedido para outra pessoa?

R- Dê um Panta Kléa para essa pessoa e ensine-a a monta-lo.

 

3- Posso fazer pedido para que outra pessoa faça algo para mim ou por mim?

R- Não. O Panta Kléa funciona com sua intenção e portanto os pedidos devem ser feitos por você e para você.

 

4- Quantos pedidos posso fazer de cada vez?

R- Vários , mas lembre-se que muito provavelmente eles vão se realizar, e por isso eles não podem ser conflitantes. Faça poucos pedidos, de preferência que tenham relação entre eles.

 

5- Quando existe mais de um pedido e só um deles foi realizado, devo retirar esse  de dentro do Panta Kléa?

R- Abra o Panta Kléa  e retire o pantáculo ou pedido. Depois repita o ritual de montagem com os outros pedidos que ainda não foram realizados e volte a usar o Panta Kléa.

 

6- O que faço com o papel do pedido que já foi realizado?

R- Depois de retirado de dentro do Panta Kléa  você deve devolve-lo a natureza . Enterrando ou soltando em um curso d’água para que sua energia se misture a da terra e assim termine um ciclo, se tencionar usa-lo novamente guarde-o em lugar seguro até  a hora de montar o Panta Kléa novamente.

 

7- Devo usar sempre os pantáculos (símbolos) que vêm  no Panta Kléa?

R- Você pode usar outro que você conheça bem, uma oração, um  mantra, uma combinação numerológica, uma imagem de deidade, ou simplesmente escrever sua intenção com palavras ou desenho.

 

8- Quanto tempo demora para o pedido ser realizado?

R- Não há um prazo definido, podendo demorar muito ou pouco tempo. Também é possível montar com um prazo para que ele se realize.

 

9- De que modo devo enrolar o papel com o pedido?

R- O papel deve ser enrolado como um diploma, com a parte escrita ou desenhada para o lado de dentro.

 

10- Devo dar um nó na linha após enrolar o pantáculo?

R- Não . Nunca se deve dar nó ou laço na linha.

 

11- Se o Panta Kléa for aberto (por mim ou outra pessoa) antes de realizado o pedido, o que devo fazer?

R- Limpar o Panta Kléa com a fumaça de incenso, escolher outro dia que seja bom para você e proceder o ritual de montagem completo para todas as intenções que você queira usar.

 

12- Se eu quiser acrescentar ou retirar um pedido o quer devo fazer?

R- Proceda como na resposta da pergunta 11, colocando ou tirando  pantáculos. (Lembre-se toda vez que o Panta Kléa for aberto a união da intenção com o cosmo é desfeita. E você deverá novamente promover essa união, fazendo nova montagem.)

 

13- Posso escrever nos pantáculos ou devo usa-los como estão?

R- Um pantáculo têm energia própria e qualquer palavra ou desenho nele acrescentado ou retirado modificará essa energia podendo criar algo nulo ou ruim para você. Se quiser escrever use outro pedaço de papel.

 

14- Quando os pedidos forem realizados posso usar o Panta Kléa vazio?

R- Sim. O Panta Kléa é uma peça energética e sempre poderá ser reutilizado, até mesmo pôr outra pessoa  se você assim consentir .

   

SOBRE O FUNCIONAMENTO

 

1- O que faz o Panta Kléa funcionar?

R- Energias ou leis cósmicas, que se unem a sua intenção dentro do Panta Kléa, por meio do ritual de montagem, E lá dentro, protegidas pelo metal ,suas intenções são energizadas e potencializadas pelo cristal.

 

2- Qual energia age no Panta Kléa?

R- São os ciclos de retorno,  uma ligação que todos nós temos  com o Todo do  universo, com as leis que regem o funcionamento do universo .

 

3- O que esta acontecendo dentro do Panta Kléa depois de montado?

R- Permanentemente sua intenção esta sendo energizada e transmitida ao Cosmo, e de lá voltando e se irradiando para você.

  

* Quero lembra-lo de sua responsabilidade ao montar o Panta Kléa. Pois você deverá receber tudo do que teve intenção.  

 

Atenção: este texto poderá ser usado somente mediante citação da fonte ©

 


 

Curiosidade:-  Em 1 de setembro de 2006 Celso Zymon (Naturopata) www.filoterapia.com, fez esta foto kirlian pelo fundo do Panta Kléa e gentilmente nos cedeu a foto e sua análise transcrita a seguir.

 

 

Análise:

Ao analisar a bioeletrografia e a emissão energética do panta klea, pode-se
notar claramente a perfeição em ação.
A aura e/ou vitalidade que o aparelho emana é o resultado de uma perfeita
circulação energética não demonstrando nenhuma falha sequer.
Tanto na escolha do material quanto na pureza da emissão, a forma clara,
viva ao redor do dispositivo surpreende com sua intensidade e vigor.
Sendo assim um aparato seguro e que não contém em si erro algum na fabrição
energética, podendo ser utilizado para o benefício total do usuário.

Celso Souza - Zymon

 

Volta para Produtos


[Home]     [Perfil]     [Produtos]     [Novidades]     [Assuntos]    [Loja]    [E-Mail]